Açom Nacionalista Galega

Versión PDFVersión PDF

AÇOM NACIONALISTA GALEGA. 1931 [Acción Nacionalista Gallega] Efémera organizaçom independentista galega em Cuba da que apenas se conhece umha nota, publicada em abril de 1931 nos principais jornais de Havana. Parece ser que o Fuco Gomes estava detrás da mesma. Xurxo Martínez sinala, aliás, a proximidade temporal com a fundaçom da Açom Nacionalista Basca (a finais de 1930). A nota mostra a desconfiança total da ANG face a II República espanhola, critica duramente a passividade do galeguismo de aquém-mar, e chama à luita para a plena libertaçom nacional da Galiza:

 

AÇOM NACIONALISTA GALEGA

Desde o dia no que se proclamou em Madrid a república Espanhola, estamos a receber numerosos telegramas e cartas de compatriotas nossos que residem no interior da República de Cuba, nas que os seus assinantes se interessam por saber qual é a atitude dos nacionalistas galegos nos atuais momentos e quais serám as vantagens que a República Espanhola ha de conceder à nossa Pátria Galega.

Os nacionalistas galegos em Havana, fazemos constar por este meio a todos os nossos comunicantes que, polo de agora, ignoramos como pensam hoje em dia os galegos residentes na Galiza. O que sim sabemos é que os habitantes da nossa afastada Pátria nom imitárom o exemplo de Catalunha, nem nas atuais circunstáncias nem em épocas anteriores.

Por outra parte, aos que nos parabenizam “por ter visto já realizado em parte o ideal que desde há tantos anos vimos defendendo”, devemos advertir-lhes: primeiro, que o ideal que sustentamos e defendemos os verdadeiros nacionalistas galegos nom cristalizou ainda. Segundo, que nom é de esperar que nengum governo espanhol ponha em prática nada do que todos os galegos de coraçom almejamos. Terceiro, que os nacionalistas galegos no desterro temos de continuar luitando tenazmente até obter a plena liberdade da nossa amada e escarnecida Galiza.

 

(Compilada no livro de Fuco Gomes Naciones Ibéricas, facilitou-no-la Xurxo Martínez. Está datada no 18 de abril de 1931. Reproduzida aqui em galego, pois o original está em espanhol).

 

Referências:

MARTÍNEZ GONZÁLEZ, Xurxo. Fuco Gómez. AGER, 2007.

 
Mais ensaios...
 
Publicidade